O Blog do Nando

Um pouco disto, mais daquilo e um tanto-ou-quanto do que me apetece.
Sejam bem-vindos!
Olhares do Nando
nando-online

Rádio Nando
tempo
Estado de Espí­rito

Dikta

Warnings (4:03)
play - stop

segunda-feira, abril 03, 2006

há dias que não..



Qualquer coisa como 9 km distanciam-me do meu local de trabalho. Não que me “custe” a lá chegar, mas uma distancia destas tem de ser bem justificada. A aulinha das 8 da manhã é uma das razões. A outra é o treininho das 8:30 da noite, que por acaso hoje ainda era de dia.
Acordei à horita de sempre, 6:45, para desligar o despertador e dormir mais pouco. Aquele clássico. Tentativa de enganar o sono quando ao fim e ao cabo ele é que me engana. Quando o despertador insiste pela segunda e terceira vez, lá lhe faço o favor e inauguro o dia. Pequeno almoço tomado e a comédia americana da manhã vista (e que bem que é começar o dia com um par de gargalhadas) lá faço os possíveis para me dirigir à porta.
Havia um vozinha a dizer “hoje não devias ir” - “vozinha maluca..” pensei eu.
Chego ao edifício 303, sala 026 e dou com a porta fechada. Um papel colado na porta chamou-me a atenção. Como não fiquei completamente elucidado com o que o papel me disse, procurei na imediações por alguma cara conhecida. Não somos mais de uma dúzia, por isso as esperanças não eram muitas. No entanto lá dou com dois coleguinhas que me explicaram que não havia aulas porque o professor estava doente.
Ora bolas!! E eu que estava tão bem nas mantas deitadas, nas mantas estendido.
Bem, nada a fazer agora. A bola é redonda e os carros andam em ambos os sentidos. Um pouco mais tarde estava de novo em casa.
Horas depois chega a hora (quem diria..) do treino. Ao mesmo tempo começa mais um episódio do Lost. E vem aquela vozinha “não vás.. fica!!”. Eu ficava, mas umas corridas fazem sempre bem, por isso lá voltei eu aos 9 km. Acabo de chegar lá e fico a saber que o treino tinha sido cancelado.
Impecável!!
Mais uma viagem a valer a pena.
A segunda do dia.
Porque é que não dei ouvidos à vozinha?
Será que se lhe presto atenção volto alguma vez a levantar-me de manhã?
Será que será... perhaps perhaps...


days that..

Something like 9 km stand between me and my workplace. Is not that "it's hard to me" to go there, but such a distance has to be very well justified. The class at 8 of the morning is one of the reasons. The practice at 8:30 of the night is another, that by chance today was still daylight.
I woke up today at same hour as always, 6:45, turned the alarm-clock off and slept a little more. A classic. An attempt to deceive sleep, when in the end the one and only deceived is me. When the alarm insists for second and third time, I conceed it the favor by inaugurating the day.
Breakfast and an american comedy after (and how nice it is to start the day with a couple of laughs) I make the possible to walk out the door. That's when I hear a wispering voice saying "today you don't have to go" – "crazy voice" I thought.
I arrived at building 303, room 026 and found the door closed. A paper on the door called my attention. As I was not completely elucidated with what the paper told me, I looked around for some known face. We are not more than a dozen, therefore the hopes were low. However I found two friendly collegues that kindly explained me that the teacher was sick.
Great balls of fire! And I was so well in bed.
Well, nothing to do about that now. The ball is round and the cars drives both the directions. A bit later I was back home. Hours later arrived the hour (who would say that..) of handball pactice. At the same time started Lost. And there it comes that wispering voice "dont you go little boy...". I was not sure, but some sport is always good, so I went for another 9 km.
As soon as I arrived, I get to know that the practice have been cancelled..
Crap!!
Another trip without success.
The second of the day.
Why did I not listen to wispering voice?
If I listen to the wispering voice, will I ever meet at class in the morning?
Perhaps perhaps perhaps...

6 comentários:

Mas espera aí... Tu não passaste alguns anos a ouvir e obedecer a essa voz todos os dias?
Pelo menos era esta a ideia que tinha ;)

Abraço
por Blogger Mário, Às 8:17 da manhã  
ah ah ah... olha-me o engraçadinho...
hmm.. penso que eu e a vozinha andávamos de relações cortadas nos últimos tempos.. mas parece que o melhor para a humanidade é a reconciliação :)
Abraço.
Segunda-feira. Típico.

I love this song! :D
Mas vai-te habituando às vozinhas pq qd tiveres aí o rebento vais é dizer: "nunca mais são 6:45 da matina"... Estudasses!!!!

Abraço
por Anonymous Manolo, Às 6:24 da tarde  
sweet caroline: O Mário deixou-me literalmente sem hipóteses de resposta.. o que faz com que Segunda-feira seja só mais um dia da semana... :) mas provavelmente o mais díficil!

manolo: isso é o que tu pensas! Eu encomendei eu com opção de "não atormentar durante a noite". ai não! :)
A vozinha deseja:
- um habitáculo em plena forma física, 1ª hipótese;
- gozar contigo para se rir perdidamente perante a tua sensação de que entre mantas se estaria muito melhor, 2 º hipótese;
- preparar-te psicologicamente para lidares com a frustração, 3ª hipo.;
- mostrar-te que a vida é feita de coicidências e que estas por vezes se juntam para nos tramar, última hipótes que me ocorre. Mas, pela minha parte, voto nesta!

Bjs
por Anonymous Maria, Às 7:37 da manhã  

Tens algo a dizer?