O Blog do Nando

Um pouco disto, mais daquilo e um tanto-ou-quanto do que me apetece.
Sejam bem-vindos!
Olhares do Nando
nando-online

Rádio Nando
tempo
Estado de Espí­rito

Dikta

Warnings (4:03)
play - stop

terça-feira, abril 11, 2006

que língua deverei aprender?



A internet está repleta de informação, da boa e da má, e de vez em quando encontram-se coisas estúpidas. Desta vez dei com uma pequeno questionário que me iria informar de qual deveria ser a língua que deveria aprender.
Para por os leitores a par das minhas responsabilidades linguísticas, informo que no meu dia-a-dia utilizo uma língua estrangeira para comunicar com quem quer que seja, exceptuando quando falo com a família ou chato (deverá ser assim que se internacionaliza a palavra chat) com alguns amigos. Vivo num país onde se fala uma outra (segunda) língua, que não falo e muito pouco percebo. E depois estou casado com uma pessoa que fala uma terceira língua que para mim poderia ser chinês, mas não o é porque pelos vistos chamam-lhe outro nome.
Assim, à partida as minhas opções de aprender uma língua ficariam reduzidas a:
- re-aprender português;
- aprender dinamarquês;
- aprender islandês.
- melhorar o inglês

Para me ajudar a decidir em qual deveria investir, atiro-me de cabeça a este elaborado nicho de sabedoria, esperando que o autor do formulário tenha sido um génio capaz de ler os astros e de ver além do horizonte.
Pergunta após pergunta fui respondendo.
Depois deparei-me com a seguinte interrogação..

Qual a disciplina que mais gostaste?
- Economia
- Informática
- Filosofia
- Línguas estrangeiras
- Almoço
- Baldar-me

hmm.. e agora??
Certo que segui “Informática” como carreira profissional, mas também é certo que passei com distinção o “Almoço” diário. Decisões decisões.. “Baldar-me” também fazia com mérito reconhecido!
Às duas por três lá optei pelo óbvio.
E obtive um resultado algo surpreendente:

Você deverá aprender Japonês

Você é extremo e está pronto para se envolver na excêntrica cultura japonesa. De Engrish às competições de comer, você nasceu para ser um gaijin louco. Saiko!

Será que deverei seguir este audaz e perspicaz conselho de um cartomante anónimo... ??


The Internet is full of information, the good one and the harm one, and there are times when we come across dullness. This time I stumble upon a small questionnaire that would inform me of which language I should learn.
To share my language responsibilities to all readers, I inform that I use a foreign language to dayly communicate with who-ever, except when I speak to my family or chat with some friends. I live in a country where everyone speaks another (second) language, that I do not speak at all and hardly understand a few words. Furthermore, I am married to a person that speaks a third language, that could be Chinese for me, but it isn't 'cause they gave it another name.
Thus, to start off, my options to learn a language were reduced to:
- re-learn Portuguese;
- learn Danish;
- learn Icelandic;
- improve English.

To help me deciding which one I should invest, I throw my self in this elaborated wisdom niche, waiting that the author of the form has been a genious capable of reading the stars and seeing beyond the horizon.
Question after question I kept answering.
Later I came across with the following interrogation.

What subject did you like best in school?
- Business
- Computer science
- Philosophy
- Foreign languages
- Lunch
- Cutting class

hmm.. what now?
Certainly I followed "Computer science" as professional career, but also certainly I passed with distinction the daily "Lunch". Decisions decisions... "Cutting class" was also something I assume recognized merit!
Two by three, I opted by the obvious one.
And I got a somewhat surprising result:

You Should Learn Japanese

You're cutting edge, and you are ready to delve into wacky Japanese culture.
From Engrish to eating contests, you're born to be a crazy gaijin. Saiko!

Should I follow this daring and perspicacious advice from an anonymous card-reader...?

3 comentários:

Meira... eu nao sei em que lingua te devo dizer isto... mas acho que tas F O D I D O :D :D :D
por Anonymous Luis pedroso binario, Às 5:15 da tarde  
Não sou tão extremista como o autor que me precede, mas a hipótese poderá não ser tão louca como parece, a acreditar na reanimação da economia nipónica! Por outro lado, o Buch parece apostado em afundar o ocidente..., contando com apoio de aloguns deste lado do Atlântico!

Bjs
Maria
por Anonymous Maria, Às 4:08 da tarde  
Como diria o poeta a actor: "Estudasses!!""

abraço

Manolo
por Anonymous Manolo, Às 6:47 da tarde  

Tens algo a dizer?