O Blog do Nando

Um pouco disto, mais daquilo e um tanto-ou-quanto do que me apetece.
Sejam bem-vindos!
Olhares do Nando
nando-online

Rádio Nando
tempo
Estado de Espí­rito

Dikta

Warnings (4:03)
play - stop

quinta-feira, maio 25, 2006

cassie & moses



Um pouco aceso da discussão que já rola no Temas Quentes, quero deixar aqui esta pequena história:

Cassie, um gato de meio ano de idade abandonado num bairro residencial, encontra Moses, um corvo selvagem. Gatos e aves não são propriamente conhecidos como os melhores amigos. Neste caso, foi exactamente o contrário. Moses ajudou Cassie a manter-se fora da estrada e a evitar o pior. Também o ajudou a arranjar comida. Agora passam os dias juntos e brincam como se não houvesse amanhã. Uma história fantástica que um casal idoso filmou durante dias e dias. Tudo isto e muito mais, no Animal Planet – it grabs you!

Se dois animais tão diferentes podem ajudar-se e viver juntos sem problemas, porque será que nós, animais racionais, não conseguimos partilhar o planeta com o resto dos animais?


Warmed up by a discussion in the new "Temas Quentas" blog, I want to leave here this little story:

Cassie, a half-year old cat was abandoned in a residential block, finds Moses, a wild crow. Cats and birds are not known as the best friends. In this in case, it was exactly the opposite. Moses helped Cassie to stay way from the roads and dangers, preventing the worst. He also helped him to find food. Now they spend the days together and they play as if there would not be a tomorrow. This fantastic story was seen and recorded by an elder couple during days and days.
All this and much more, in Animal Planet- it grabs you!

So, if two so different animals can help themselves and live together without problems, why can't we, as rational animals, be able to share the planet with the remaining animals?

foto de Ana Cleto

8 comentários:

O mundo é o palco das melhores e piores coisas que se possam imaginar.
Acho que isto é verdade para os homens e para os animais.

E é por isso que vale a pena viver. :)
Bem, esta deve ser a propósito das
touradas... :)

Acho fantástica a vida animal, a biodiversidade, o equilíbrio natural, mas também gosto de touradas...

Não é crime!!

Sou contra a luta de cães, o abandono de animais, não gosto de os ver maltratados, fico impressionado quando vejo um pombo, um cão ou um gato ficar debaixo de um carro.. enfim acho-me normal...

Mas, repito, gosto de touradas!!!

Abraço
Sim a verdade é k somos todos diferentes, gosto do meu cão, gosto do meu papagaio, gosto da minha vizinha, perdão...da cadela da minha vizinha..uma bela cadela Grand Danois:)))

Mas existe um equilibrio entre o homem e a fauna e entre tradições que se metem pelo meio, a questão é porque esse equilibrio tantas vezes posto em causa..

Abraços
Jacks
por Anonymous Anónimo, Às 10:01 da manhã  
Carolina: mas não é nossa intenção aumentar a fracção das melhores e reduzir a das piores?

Pedro: não é crime gostar de touradas... crime é o que se faz numa tourada!
Que tal prescindir do sofrimento animal como espectáculo e também do humano, já que este último anda, também, tristemente "tão na moda"?
Bjs
Maria
por Anonymous Maria, Às 4:08 da tarde  
todo o homem é por natureza um selvagem, um preguiçoso e um criminoso, são as leis, obrigações,deveres e direitos que o tornam um animal(mais ou menos) domesticado.

Quanto às touradas pensem nelas como algo que ajuda à não extinção de uma raça, o touro!!
Custa-me pensar que a única utilidade de um animal é para que nos possamos rir e aplaudir enquanto o espicassamos e torturamos até à morte...
não quis com isso dizer que apoio ou deixo de apoiar esse "espetaculo". Mas a verdade é que se alguém cria esses animais é para isso, quer queiremos quer não!!!

Aliás eu já tentei ter um animal desses a servir de máquina de cortar relva... mas tive alguns problemas com a indisciplina do animal!!

Tens algo a dizer?