O Blog do Nando

Um pouco disto, mais daquilo e um tanto-ou-quanto do que me apetece.
Sejam bem-vindos!
Olhares do Nando
nando-online

Rádio Nando
tempo
Estado de Espí­rito

Dikta

Warnings (4:03)
play - stop

domingo, setembro 24, 2006

to strive, to seek, to find




Há muitas séries de tv que eu gosto de ver. Talvez demais para o tempo que tenho livre, mas isso agora é outra história que ficará para uma outra altura. Agora quero falar de uma só. Frasier! Caso não conheçam, é uma série sobre a personagem Dr. Frasier Crane, parte da série "Cheers, aquele bar" - where everybody knows your name. Tal e qual como Joey é um seguimento da série "Friends".

Acontece que eu nestes últimos 2 anos vi bastantes episódios do Frasier, mas só ontem vi o último. O episódio número 265. Não não, eu não os vi todos!! Só alguns. Suficientes para dizer que os primeiros são razoáveis e os últimos muito bons.
Mas o que tem de especial este último episódio, estarão vocês a pensar... bem, tem a forma como acabou, a forma como o Dr. Frasier Crane disse o último adeus. O último "Goodnight Seattle".

Ele diz o seguinte, que começa por citar o poema "Ulysses" do Lord Alfred Tennyson:

Poderá ser que os golfos nos inundem:
Poderá ser que toquemos nas "Ilhas Felizes",
e ver o grande Achilles, quem nós conheciamos.
Embora muito seja feito, muito é tolerado; e embora
nós não sejamos agora essa força que em dias antigos
moveu a terra e o céu; o que nós somos, somos;
Corações heróicos de igual carácter,
Fracos pelo tempo e pelo destino, mas fortes pela vontade
de lutar, de procurar, de encontrar, e de não desistir.

Recentemente tenho pensado muito neste poema. E penso que quer dizer que, embora seja tentador jogar pelo seguro, quanto mais estivermos disponíveis a arriscar, mais nos sentimos vivos. No fim de contas, do que mais nos arrependemos são das hipóteses que nunca tomamos. E eu espero que isto explique de alguma forma esta viagem que estou prestes a iniciar.


Esta é uma mensagem fantástica! Todos nós deveríamos viver as nossas vidas dessa forma. Da forma que nos faz sentir vivos. Façam um favor a vós mesmos e leiam e re-leiam esta mensagem, para que um dia mais tarde ainda se lembrem dela. Em especial, um grande amigo meu deveria escreve-la num papel e repeti-la todas as noites antes de dormir, como se de uma reza se tratasse.



There are many tv-series that I like to watch. Maybe too many for my free time, but that's another story for another post. This time I want to mention just one. Frasier! In case you never heard about it, it is a follow-up from the series "Cheers" - the bar where everybody knows your name - about the personage Dr. Frasier Crane. Just like "Joey" is a follow-up from "Friends".

So, I've seen a lot episodes of Frasier, but yesterday, I saw the last - the final one. The episode #265, or #24 from season 11. The first seasons are ok, but the last ones are really good!!
But what about this last episode, you may be thinking.. well, it is about the way it ends, the way Dr. Frasier Crane says farewell. The last "goodbye Seattle".

He says the following, which starts with a quote from Lord Alfred Tennyson in “Ulysses”:

It may be that the gulfs will wash us down:
It may be we shall touch the Happy Isles,
And see the great Achilles, whom we knew.
Though much is taken, much abides; and though
We are not now that strength which in old days
Moved earth and heaven; that which we are, we are;
One equal temper of heroic hearts,
Made weak by time and fate, but strong in will
To strive, to seek, to find, and not to yield.

I've been thinking about that poem a lot lately. And I think what it says is that, while it's tempting to play it safe, the more we're willing to risk, the more alive we are. In the end, what we regret most are the chances we never took. And I hope that explains a little this journey on which I'm about to embark.


This is a great message! We all should live our lives in that way. The way that makes us feel alive. Please, read and re-read it, so that you remember it in future days. There's a good friend of mine that really needs to write it down and read it every night, just before sleeping.

3 comentários:

Olá

Há muito que não escrevo e foi bom retomar a escrita com o poema que divulgas. É muito grego no espírito, ou não fosse evocado o nome de Aquiles que optou por uma vida curta e com glória em detrimento de uma vida longa e sem glória.

O bebé está lindo, e com um olhar muito "Nandinho".
Bjs
Maria
por Anonymous Maria, Às 9:42 da manhã  
Olá.
:)
Aproveito a ocasião para agradecer os postais dos States.
Obrigado!
Obrigado!
por Anonymous Anónimo, Às 5:00 da tarde  

Tens algo a dizer?