O Blog do Nando

Um pouco disto, mais daquilo e um tanto-ou-quanto do que me apetece.
Sejam bem-vindos!
Olhares do Nando
nando-online

Rádio Nando
tempo
Estado de Espí­rito

Dikta

Warnings (4:03)
play - stop

terça-feira, janeiro 22, 2008

mal'a'vista

Neste novo emprego sou "obrigado" a usar produtos da Microsoft. "Obrigado" porque toda a empresa usa, logo toda a sua estrutura assenta no que os esses senhores (mal)criaram. Quer haja melhor noutro lado, aqui só entra Gates. Não muito inteligente, mas quem sou eu para dizer alguma coisa! E assim, quando lá cheguei no primeiro dia, tinha um portátil á minha espera, uma bela máquina diga-se de passagem, um lenovo T61p, mas que dentro tinha uma bela surpresa: o espampanante Windows Vista. Eu ainda só o tinha experimentado uma vez, durante uns 5 minutos. A primeira impressão até foi satisfatória. Tá mais giro os seus antepassados, mas bem organizado e com umas paneleirices que de vez em quando dão jeito. Isto tudo bom, nos tais 5 minutos. Desta vez tive que começar por instalar alguns de programas, necessários para o meu dia-a-dia. E os problemas começaram a chover, tal qual tempestade que leva tudo e todos que os américas conhecem bem. Aquela atitude normal dos programas da microsoft, que tentam fazer o que nao lhes é pedido, está em todo o seu esplendor no Vista. Ao quererem ser "mais espertos" tornam-se mais chatos. Por exemplo, quero apagar ficheiros, não me deixa. Quero executar programas, diz que não posso. Mas afinal quem é que manda nesta merda? Quer eu pertença ao grupo de administradores, continuo a não poder fazer o que bem me apetece. É, no mínimo, irritante! E, como se isto não fosse já suficiente, ainda demora 500 anos a iniciar. No portátil do emprego anterior, um dell D620, inferior a este, tenho instalado Gentoo linux e está repleto de programas. Demora menos de UM minuto desde o momento em que carrego no botão para o ligar até estar dentro do meu ambiente de trabalho pronto para fazer o que eu quiser. E deixem-me frisar este importante conjunto de palavras: "fazer o que eu quiser". Neste Vista, ainda sem quase programa algum, demora SEIS, senhores e senhoras eu repito, SEIS, 6, six, sex, ..., minutos para chegar a um ponto semelhante, ou seja, fazer o que ele me deixar. Por demais. Isto sem ainda ter mencionado todas as chatices envolvidas, licenças, anti-vírus e afins.. Não me digam que o usam e estão contentes.. temo pela vossa felicidade!

Etiquetas: ,


2 comentários:

desta vez tenho que concordar contigo.
trabalhar em linux é outra coisa :)
abraço e boa sorte nessa luta
por Blogger andre, Às 10:05 da manhã  
E eu tambem concordo contigo... O meu prato do dia tem sido fazer downgrades de vista para xp...!

Isto vai dar barraca meus senhores
por Anonymous Luis binario, Às 2:40 da manhã  

Tens algo a dizer?