O Blog do Nando

Um pouco disto, mais daquilo e um tanto-ou-quanto do que me apetece.
Sejam bem-vindos!
Olhares do Nando
nando-online

Rádio Nando
tempo
Estado de Espí­rito

Dikta

Warnings (4:03)
play - stop

terça-feira, julho 15, 2008

nomes

Quando já só faltam 10 dias para a chegada do que passará a ser "o/a mais novo/a", completando desta forma a duplicação familiar, a árdua questão da escolha de um nome volta a assombrar a mente de quem vos escreve. Podia ser o caso que a experiência passada ajudasse, mas aparentemente não. Todo este processo é algo delicado. Da montanha de nomes que há, duas longas listas, é preciso eliminar os que menos se gosta. Depois trocar de listas e riscar os que não que se conseguem pronunciar. Depois, e ainda de listas trocadas, os que não soam bem. Juntando por fim o resultado numa só lista, chega a fase de imaginação, sugestões, combinações e tudo o mais que acabe em ões. A 10 dias o resultado não está famoso e ainda não sai fumo branco. Talvez o melhor agora será esperar e ver o que lá vem. Depois, com a certeza que o famoso envelope nos prometeria, poderemos iniciar o sprint final. Quem esperava encontrar aqui algumas das ideias que temos, as minhas desculpas. O que certamente não acontecerá será como o que aqui se passou há uns meses, segundo me contaram, quando um padre se recusou a baptizar uma menina quando a mãe lhe disse o nome que pretendia dar ao seu rebento: "Mist Eik" [erro/engano]. Dois nomes islandeses perfeitamente normais, mas com uma combinação perigosa em inglês. A mãe terá achado por bem dar um nome muito real ao sucedido. A sorte foi o padre não ser ignorante em inglês e mandá-la arranjar um outro padre que fosse nessa conversa. Por bem da pequena, espero que a piada sem gosto não tenha consigo apoio noutra freguesia. Mantendo a conversa nua, mas numa onda mais sonora, deixo-vos com o mais recente dos islandeses Sigur Rós, Gobbledigook, o primeiro single do novo "með suð í eyrum við spilum endalaust", que é como que diz, "com um zumbido nos ouvidos, tocamos sem parar". Devo dizer que este primeiro excerto é bastante interessante e resulta bem ao vivo, e em seguimento dos excelentes vídeos, este não se fica atrás, mas conta com um formato mais... nudista.

Etiquetas: ,


1 comentários:

damn..nem acredito que ja falta tao pouco pra seres papá outra vez! ao ler este post fiquei surpreendida como o tempo passou rapido, parecia-me que ainda ha coisa de um par de meses souberas que a tua senhora estava de esperanças, e de repente...
veremos fotos da nova aquisicao brevemente?
beijinho
por Anonymous LSDee, Às 6:23 da tarde  

Tens algo a dizer?